LAC
Fone: (67) 4009 0070
Rua Rui Barbosa, 3716 - Centro
Campo Grande - MS
Cep.: 79.002-362

Citopatológicos : citologia cérvico-vaginal e líquidos

COLETA E ENVIO DO MATERIAL

- O material pode ser enviado em lâminas foscas identificadas a lápis (identificar de forma legível e completa), fixadas em álcool a 95% ou em fixador apropriado fornecido pelo Laboratório. É preciso identificar também o frasco que as contém e enviar em temperatura ambiente.

*Citologia cérvico-vaginal
 
Como se prepar para o exame:
  • não ter relações sexuais no dia anterior ao exame
  • não fazer o exame se você estiver menstruada                         
  • Não usar duchas, medicamentos vaginais ou anticoncepcionais de uso local três dias antes do exame
 
Citologia cérvico-vaginal: raspado uretral, raspado / escovado de pênis, glande e prepúcio e raspado de material vulvar:
- O material deve ser enviado em álcool 95% ou fixador apropriado fornecido pelo Laboratório e em temperatura ambiente.
 
*Citologia de líquidos

- Líquidos ascítico, pleural ou pericárdico, secreção mamária, lavado brônquico e bronco-alveolar: enviar o material a fresco no máximo até 6 horas após a coleta. Se o material não for chegar ao setor dentro deste prazo, acrescentar na mesma quantidade do líquido coletado, álcool a 70% (50%v/v).

* Escarro: Informações sobre coleta e armazenamento, entrar em contato com o LAC por telefone.

*Urina: Informações sobre coleta e armazenamento, entrar em contato com o LAC por telefone.

*Instrução para preparar o álcool 70%:
A partir do álcool absoluto (100%), misturar 70% de álcool absoluto e 30% de água destilada. Por exemplo: 70 ml de álcool 100% e 30 ml de água destilada.

Exemplo para misturar o álcool 70% no líquido coletado – 50%(v/v):
Misturar volumes iguais do material obtido e do álcool 70%. Por exemplo: 20 mL de álcool 70% em 20 mL de líquido.

* Todas as amostras devem ser acompanhadas de informações sobre local da coleta e dados clínico relevantes.

DIAGNÓSTICO

O exame citológico é um método em que se estudam células descamadas ou esfoliadas de superfícies ou cavidades naturais, fazendo-se esfregaços em lâminas. É utilizado para o diagnóstico de neoplasias malignas e outros processos patológicos.
 
Veja características de alguns materiais:

* Líquido ascítico, pleural e pericárdico

Exame utilizado para diagnosticar processos inflamatórios e neoplásicos (primários e metastáticos).

* Secreção mamária

Possibilita o diagnóstico diferencial dos processos inflamatórios ou neoplásicos que envolvem a glândula mamária. É interferido por medicação tópica.

* Urina

Exame útil no diagnóstico de processos inflamatórios e neoplásicos das vias -urinárias. Utiliza-se também para pesquisa de hemáceas dismórficas, a fim de diferenciar hematúria alta ou baixa.

* Escarro

Usado no auxílio diagnóstico de processos neoplásicos broncopulmonares primários e secundários, podendo ser também auxiliar no diagnóstico de patologias alérgicas, infecciosas e parasitárias. Em casos de carcinoma broncogênico, a coleta em três amostras apresenta 86% de positividade, enquanto que, em amostra isolada, a positividade é de 45%.

* Lavado e escovado brônquico e bronco-alveolar

Exames realizados para diagnosticar processos neoplásicos broncopulmonares. Às vezes auxilia no diagnóstico de outras patologias. No caso do lavado bronco-alveolar, o material será considerado não representativo se não estiverem presentes macrófagos alveolares em meio às demais células.